Podia ter sido sub2h, mas gostamos de pizza e Netflix

“Irmãos, estamos aqui reunidos neste momento para que eu possa contar um pouco sobre a experiência surreal que foi correr a Media Maratona de Buenos Aires.” ❤

GENTEEEEEEEEEEEEEEEE, vocês não podem morrer sem correr essa meia maratona! hahahahahaha…

Resumidamente, tudo começou no final do ano passado, mais precisamente no último dia do ano, quando a euforia de ter derretido a sola do tênis e o cérebro nos 35º C (na sombra) da São Silvestre, com a largada às 9h, CHEEEEIA de subidas e descidas (subir a Brigadeiro é só a cereja do bolo), nos fez acreditar que mais um ano (ou quase) de treinos nos daria uma boa base para concluir uma meia maratona com conforto e só alegria!

Continuar lendo