Série Delta – Etapa Alemanha

As baixas começaram…

Minha última prova foi a Meia Maratona Mizuno, dia 14 de junho, que dividi com o meu amigo Gazetta. A próxima do calendário seria a Série Delta, que aconteceu neste último domingo, dia 26 de julho.

Foi no dia seguinte à Mizuno que fui ao ortopedista, que solicitou imobilização do tornozelo por 70 dias.

Durante todos estes dias, entre as duas provas, estive numa montanha russa de emoções. Chorei por 2 dias depois da consulta, por saber que alguém por tanto tempo imobilizada ficaria praticamente inválida ao retirar o Aircast. Mas logo depois achei o querido Fábio, da Sports Clinic, e criei novas esperanças de me recuperar rápido e continuar com o planejamento do ano, principalmente não perder a Meia de Buenos Aires, que nunca foi um sonho, porque eu nem me imaginava correndo 10 km, muito menos 21 km, mas agora, com tanto vai e vem, a prova está se tornando um sonho maior que o sonho da casa própria… Huahuahuahua

Depois de várias sessões de fisioterapia e repouso, começamos a fazer exercícios de fortalecimento para voltar às pistas. Até que no começo do mês de julho, o Fábio liberou uns treinos leves, só no trotinho paquera… Até aí, uma fisgadinha no começo do treino e alguma no final, era o máximo que eu sentia. Como no início de tudo, que só doía quando usava.

Mas até que um belo dia, a bendita dor chegou para ficar. Agora “só” dói quando eu respiro (tipo agora, enquanto eu escrevo este post).

Continuar lendo